Projeto em Curitiba traz youtubers para estimular empreendedorismo

Posted by:admin onabril 14, 2016

Um projeto em Curitiba deseja mostrar que jovens que possuem canais de sucesso no YouTube podem contribuir para o fomento do empreendedorismo infantojuvenil. Chamado de 2b.YouTuber, a iniciativa do Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) trará semanalmente youtubers famosos para conversar com crianças e adolescentes sobre empreendedorismo, inovação, produção de vídeos e demais temas relacionados ao universo digital.

A estreia acontece no próximo sábado (16), em Curitiba, no auditório do IBPQ. A convidada é Bibi Tatto, a primeira youtuber feminina a ocupar o TOP5 na categoria gamers no Brasil e TOP15 no mundo. A especialidade da jovem de 15 anos é o Minecraft, jogo de computador que envolve a construção do mundo usando blocos, comprado pela Microsoft em 2014 por US$ 2,5 bilhões e que se tornou um fenômeno mundial com mais de 100 milhões de jogadores.

“Esses canais no YouTube são startups geradoras de receita e têm no comando jovens empreendedores profissionais”, explica o economista-chefe do IBQP e coordenador do projeto, Gustavo Fanaya. Ele afirma que entre os youtubers estão crianças e jovens com uma mentalidade inovadora, com grande conhecimento técnico sobre produção de vídeos e relacionamento digital, além da capacidade de comunicação e organização.

A ideia do projeto é conectar os youtubers a crianças e adolescente para fomento do empreendedorismo e das habilidades importantes para o aprimoramento pessoal e profissional. Os encontros vão acontecer sempre aos sábados e terão duração de uma hora e meia. Em cada sessão, será permitida a entrada de até 120 pessoas, para facilitar o contato dos fãs com os ídolos e a troca de experiência.

Estímulo

Segundo Fanaya, o formato surgiu a partir do momento que o IBQP percebeu que é preciso estimular a mentalidade empreendedora desde cedo, pois, quando adultas, as pessoas tendem a ter aversão ao risco e à inovação. “Para sermos mais efetivos, precisamos mirar o público infantojuvenil”, afirma.

O primeiro pensamento do instituto foi criar um curso para ensinar crianças a construir um canal no YouTube. A ideia foi rapidamente rejeitada pelo público-alvo, que coloca em xeque o tradicional formato de ensino. “Eles querem aprender sozinhos, na base da tentativa e erro”, explica Fanaya.

A solução foi criar esses encontros semanais com youtubers de sucesso que tenham canais que agreguem valor. “Crianças com 12, 13 anos já têm capacidade de desenvolver negócios inovadores”, diz o economista-chefe do IBQP. A expectativa é que os encontros sejam uma porta de entrada para os jovens no empreendedorismo. “Queremos mostrar para os pais que jogar videogame ou criar um canal de vídeos não é desperdício de tempo. É investimento”, conclui Fanaya.

Disponível em: http://www.gazetadopovo.com.br/economia/empreender-pme/projeto-em-curitiba-traz-youtubers-para-estimular-empreendedorismo-2b6ykd8wxkymrhmqto3j7sluc

  Copyright © IBQP - Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade 2020